Jun 29

Comidas de Festas Juninas

As comidas servidas em festas juninas simbolizam o agradecimento pela fartura nas colheitas, principalmente do milho por isso o ingrediente está presente em diversas receitas servidas na ocasião. É agora entendo certas atitudes e crenças do meu pessoal do interior. O milho representa fartura e é muito nutritivo.Realmente com o milho podemos fazer muitos pratos e todos uma delícia ! Os mais populares são: o curau, canjica, pamonha, bolo de milho, pipoca, pé de moleque, paçoquinha, sopa de milho, milho cozido, entre outras gostosuras. Por que essas iguarias deliciosas são feitas mais nas festas juninas? Porque é o auge da época da colheira e as festividades de Santo Antonio, São João e São Pedro são para unir as pessoas e festejar a união e a boa colheita! Pode comer à vontade ! mas se quer saber se abusou , abaixo tem uma lista com as calorias das comidas e bebidas que normalmente são servidas nas festas.
Saiba das calorias da suas comidinhas de Quermesse :
Cachorro-quente completo (com salsicha, molho, milho, ervilha, maionese, catchup, mostarda e batata palha) – 680
Espetinho de carne na brasa (100 g) – 119 *mas se você passar na farinha as calorias ultrapassam 270
Pipoca com manteiga (30 g) – 132
Pipoca tradicional (30 g) – 108
Paçoca de amendoim (30 g) – 150
Maça do amor – 462
Bolo de fubá com goiaba (30 g) – 100
Canjica (100 g) – 226
Doce de abóbora (35 g) – 86
Pinhão (05 unidades) – 90
Pamonha (100 g) – 171

1

IMG_2285

“Quermesse” é derivado da palavra kerkmesse, da língua flamenga, que em francês passou a ser kermesse, de onde se originou o termo em português.
Sua origem está ligada a religião católica. Era a festa do santo padroeiro da paróquia ou aniversário da igreja. Com o tempo essas festas foram perdendo o cunho religioso e no final da Idade Média estavam sendo considerada como atentados aos bons costumes. A discussão chegou a tal ponto que no século XVI, o rei da França Carlos V proibiu a realização de festas que durassem mais de um dia, impondo severas penas àqueles que transgredissem esse regulamento. Porém esse édito de 1531 não demorou a ser esquecido e as quermesses novamente passaram a ser realizadas. Atualmente em algumas regiões da Europa, como Mons e Antuérpia na Bélgica, ainda se realizam grandes procissões ligadas a esses festejos. Aqui no Brasil “Quermesse são festas realizadas em diversas épocas, de acordo com cada paróquia. Geralmente são compostas por manifestações e quitutes típicos de cada região como barracas de sorteios, jogos com prêmios, bebidas e típica comida caipira como: milho verde cozido, salsicha, espetinhos assados, pamonha, vinho quente, bolinho caipira e quentão, entre outros. Este tipo de festividade é tradição do interior de São Paulo geralmente no mês de junho.

Jun 25

Viva! São João! Viva São Pedro! E a fogueira ?

feliz_sao

saojoaolindomov

Saiba mais sobre a origem da fogueira .
Fogueira de Festa do Verão em Mäntsälä. Fogueiras de São João (Festa do Verão) são bastantes populares na Finlândia, onde parte da população passa o dia de São João (“Juhannus”) no campo ao redor das cidades em festejos. Balão de São João em Portugal, cidade do Porto, e de origem europeia, as fogueiras juninas fazem parte da antiga tradição pagã de celebrar o solstício de verão. Assim como a cristianização da árvore pagã “sempre verde” em árvore de natal, a fogueira do dia de “Midsummer” (25 de junho) tornou-se, pouco a pouco na Idade Média, um atributo da festa de São João Batista, o santo celebrado nesse mesmo dia. Ainda hoje, a fogueira de São João é o traço comum que une todas as festas de São João europeias (da Estônia a Portugal, da Finlândia à França). Uma lenda católica cristianizando a fogueira pagã estival afirma que o antigo costume de acender fogueiras no começo do verão europeu tinha suas raízes em um acordo feito pelas primas Maria e Isabel. Para avisar Maria sobre o nascimento de São João Batista e assim ter seu auxílio após o parto, Isabel teria de acender uma fogueira sobre um monte.

sao-joao

E  logo chega São Pedro, dia 29 de junho Viva !

spedro1

Simpatias para São Pedro

Para conhecer seu par amoroso
No dia de São Pedro, guarde um pouco de cada alimento do almoço e do jantar.
Antes de dormir, faça um prato com a comida e deixe-o sobre a mesa, com os talheres, em uma toalha branca.
À noite, aquele que será sua cara-metade aparecerá em seus sonhos.

Para trazer o marido de volta
Na noite da véspera de S.Pedro, pegue três punhados de sal e jogue em água corrente (de rio ou mesmo de uma pia).
Ao jogar cada punhado, diga: “Assim como este sal se desmancha na água, o interesse do meu amado por outra mulher se desmanchará”.

Para ter sucesso profissional
Pela manhã, quando se levantar e antes de pôr o pé no chão e em jejum, faça esta oração para São Pedro, o apóstolo de Nosso Senhor Jesus Cristo:
“Glorioso apóstolo São Pedro, com suas sete chaves de ferro abra as portas dos meus caminhos, que se fecharam diante de mim, atrás de mim, a minha direita e a minha esquerda.
Abra para mim os caminhos da felicidade, os caminhos financeiros, os caminhos profissionais, com as suas sete chaves de ferro e me dê a graça de poder viver sem os obstáculos.
Glorioso São Pedro, tu que sabes de todos os segredos do céu e da terra, ouve a minha oração e atende a prece que vos dirijo. Que assim seja. Amém”.

Para ter a casa dos seus sonhos

No dia de São Pedro, embrulhe uma chave em um papel branco com três pedidos e descreva como você desejaria que fosse sua nova casa.
Coloque o embrulho debaixo do seu travesseiro.
Deite-se e mentalizando que São Pedro e seus anjos estarão durante a noite procurando a casa dos seus sonhos.
Em seguida, reze um Pai Nosso e uma Ave Maria. Repita por sete dias, iniciando sempre numa segunda-feira.